GM oficializa nova fábrica de transmissões de veículos em Joinville

EURO Feiras de Negócios > Notícias  > GM oficializa nova fábrica de transmissões de veículos em Joinville

GM oficializa nova fábrica de transmissões de veículos em Joinville

Investimento é de R$ 710 milhões e vai gerar 350 empregos na primeira fase

3homens

Mais um dia histórico para Joinville. A General Motors do Brasil oficializou nesta quinta-feira (23/2) uma nova fábrica na maior cidade do Estado, desta vez para transmissões de veículos, num investimento de R$ 710 milhões (R$ 650 milhões na operação e R$ 60 milhões em engenharia). O protocolo de intenções que confirma a decisão da empresa foi assinado em Florianópolis pelo prefeito Carlito Merss, governador Raimundo Colombo, vice-presidente da GM do Brasil, Marcos Munhoz, e diretor de Assuntos Institucionais, Luiz Moan.

Para o prefeito Carlito Merss, a vinda de uma nova unidade da GM é a confirmação de que município pode se tornar também um polo da indústria automobilística no Brasil, acrescentando que a qualidade das empresas de Joinville pesou na decisão da empresa. E explicou que a Prefeitura assumirá compromissos na parte de benefícios da área fiscal, dentro do que prevê a legislação do Pró-Empresa.
Com um faturamento anual previsto em R$ 200 milhões, a nova unidade vai gerar 350 empregos na primeira fase e será construída no mesmo terreno da BR-101 onde está em fase final a fábrica de motores. Terá uma área construída de 50 mil metros quadrados e começará a operar no final de 2013 ou início de 2014. As obras devem começar nos próximos 90 dias, e a capacidade de produção é de 150 mil transmissões por ano em sua primeira fase. Trata-se de uma transmissão “state of art” de seis marchas, com alta eficiência e maior capacidade de torque, para cobrir uma gama de aplicações. Metade da produção terá como destino o mercado local, substituindo importações, e a outra metade será exportada para a Europa, “com o CNPJ de Joinville para o mundo”, brincou o vice-presidente da GM, Marcos Munhoz.

O vice-presidente ressaltou que o Brasil está entre os cinco centros globais de produtos, ou seja, o país está exportando tecnologia. Explicou que a transmissão a ser fabricada em Joinville é um produto inovador e competitivo no mercado mundial, e acrescentou que as unidades em construção no município procuram o desenvolvimento sustentável e o respeito ao meio ambiente, com o uso da energia solar para geração de energia e tratamento de efluentes com jardins filtrantes, utilizando plantas da região. Munhoz também destacou que em Joinville ficará a “alma” de um veículo – o motor e transmissões -, e que a produção de motores será destinada principalmente para Gravataí, onde a fábrica de veículos está sendo reformulada para o projeto Ônix. E relacionou os atributos de Joinville que fizeram a GM optar pelo município: logística, mão de obra qualificada e estrutura fabril. Também acrescentou que, dos R$300 milhões de compras para a fábrica de motores de Joinville, R$120 milhões foram gastos com empresas de Joinville e região.

A fábrica de motores deve começar a operar no último trimestre deste ano e produzirá 120 mil motores e 200 mil cabeçotes por ano. A seleção e contratação da maior parte dos funcionários para esta unidade – de 300 a 320 pessoas – devem acontecer entre julho e agosto. São profissionais para trabalhar como técnicos na montagem dos motores.
Os R$ 710 milhões a serem aplicado em Joinville podem significar o primeiro ou o segundo maior investimento da empresa no Brasil para 2012, adiantou Munhoz. “Agregando os R$ 350 milhões para a fábrica de motores, o investimento da GM no município supera R$ 1 bilhão”, enfatiza o vice-presidente da GM. Para o governador Raimundo Colombo, a empresa reconheceu o talento e a capacidade empreendedora do Estado. Ele também agradeceu a sua equipe de governo e à Prefeitura de Joinville pelo empenho para trazer mais essa unidade para o Estado. “Santa Catarina cresce e se torna mais forte no contexto nacional”, disse. O Estado dará os incentivos fiscais como os já previstos pelo Programa Pró-emprego e Prodec.

Nova fábrica de transmissões da GM do Brasil em Joinville:

– Investimento de R$ 710 milhões
– Unidade será construída no mesmo terreno da BR-101 onde está em fase final a fábrica de motores.
– Terá uma área construída de 50 mil metros quadrados.
– Começa a operar no final de 2013 ou início de 2014.
– Capacidade de produção de 150 mil transmissões por ano em sua primeira fase: metade para o mercado brasileiro, substituindo exportações, e outra metade será exportada para a Europa.
– Faturamento anual previsto em R$ 200 milhões.
– Geração de 350 empregos na primeira fase.

user-gravatar
webmaster
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website